sábado, novembro 10, 2007

Secularização das famílias portuguesas: Alertas de Bento XVI aos bispos de Lamego e Porto na visita «Ad Limina»

Maior esforço junto das famílias e comunidades cristãs para “resolver o decréscimo vocacional na diocese do Porto” foi um dos conselhos de Bento XVI ao bispo do Porto, D. Manuel Clemente, e auxiliares. D. João Miranda, bispo auxiliar do Porto.
O bispo de Lamego, D. Jacinto Botelho, também já foi recebido por Bento XVI na visita «Ad Limina» que os bispos portugueses realizam a Roma, de cinco em cinco anos. Bento XVI aconselhou “uma maior atenção para a realidade familiar”. “É fundamental estarmos atentos à secularização da família” .
Num mundo cada vez mais laico, o Papa disse aos bispos do Porto para aprofundarem “o diálogo Igreja/mundo da cultura”. Devido ao seu passado universitário, Bento XVI “abordou também a questão das universidades na diocese”. “Anunciar o evangelho de forma diferente ao mundo da cultura e na universidade”.
Fonte: ecclesia

2 comentários:

  1. é nestes actos que se revela o carácter das pessoas.

    ResponderEliminar
  2. Se os nossos bispos vierem mais para o terreno, mais ouvir do que falar sem ouvir, poderão encontrar muita riqueza.

    Enquanto ficarem comodamente rodeados pelo clero e leigos que repetem o que eles dizem, duvido que mudem alguma coisa.

    ResponderEliminar