terça-feira, novembro 27, 2007

Já que o GOVERNO não faz nada para APOIAR A VIDA

Permitam saudar daqui a Pastoral da Saúde da Igreja Católica portuguesa. Duas medidas em concreto. A primeira diz respeito ao “aborto”. Sendo a interrupção voluntária da gravidez agora um direito que assiste às mulheres “contra a vontade” da Igreja, era natural esperar um baixar de braços.

Não está no espírito eclesiástico, mas poderia acontecer, e com razão, até porque os males para que a Igreja alertava já fazem parte do quotidiano e vão obviamente para além da simplicidade do “direito à vida”: está provado que vivemos num “país de idosos, sem dinamismo económico e sem futuro”. Pelo contrário, a Igreja pôs mãos à obra – em contramão com o Governo, adormecido logo o referendo tomou forma de Lei – e dinamiza instituições dirigidas para o apoio de mães solteiras e adolescentes grávidas que não podem contar com a própria família.

Um segundo aplauso para a ideia de criar uma “rede social” de apoio a todos os portugueses, que os acompanhe ao longo da vida. Esta “rede” entrelaçada por serviços públicos e privados deve actuar nos campos da saúde, ajuda material, psicológica...

Mais uma vez, é a Igreja a pensar na coisa pública, a fazer o papel do Governo, tão obviamente ocupado com os planos tecnológicos que, de caminho, nos deixa amorrer, ou, no melhor dos casos, a agonizar na pobreza.

A mesma Igreja com quem o Estado inventa quezílias sobre “fundos” e “compensações”.

A Igreja que sabe dar a outra face.
Sérgio H. Coimbra in jornal Meia-Hora

8 comentários:

  1. As crianças continuam a ser abusadas, desprezadas, desacreditadas e maltratadas.

    Vamos lá a assinar a petição para obrigar o estado a agir.

    http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html

    ResponderEliminar
  2. "Mais uma vez, é a Igreja a pensar na coisa pública"... ehehehehehehehheeeee esta parece dos gatos fedorentos. desde quando a igreja se preocupaou com a causa pública? querem é arranjar dinheiro para colmatar o rombo que andam a pagar pelos milhões e milhões de dólares que andam a pagar para não ierem a julgamento (para não irem, repito) por abusos sexuais pedófilos em várias partes do mundo. só uma multinacional como a aicar aguentava um rombo pecuniário como o que se deu, v. g., na diocese de los angeles e na irlanda. esperem até chegar a coisa a portugal..... nem duas basílicas de fátima os safam. criminosos

    ResponderEliminar
  3. ainda não notaram o estrondoso silêncio da igreja em relação às crianças abusadas no caso casa pia? quantas vezes já vieram clamar justiça e celeridade no apuramento das responsabildades? quantas vezes já se puseram ao lado das crianças contra os poderosos e as demoras e jogos sujos de quem tem dunheiro para demoraro julgamento?
    alguém os ouviu?
    elucidem-me pois eu ainda os não ouvi. andam calados que nem ratos? têm medo de que? de quem?

    res non verba

    ResponderEliminar
  4. H+a pot uns maçonicos que já deviam estar na prisão. O que se passa Barzabu...

    ResponderEliminar
  5. O que é que tem feito a seita do Barzabu... nada que se veja, apenas criticar quem faz e quer fazer mais.
    Quem tem deixado o estado e as câmaras depenados; quem tem deixado o interior cada vez mais desertificado... a Igreja tem as costas largas...
    O que tem feitos os ateus, os agnósticos, a maçonaria, os intelectuais de meia tigela, os burocratas e outros que tais...
    Tem juízo Barzabu, não queira mais dinheiro para não fazerem nada...
    Todos os estudos sérios dizem que as instituições dirigidas fazem mais com menos dinheiro... se fizeres bem as contas ainda poupamos uns trocos ao Estado...
    Se não concordas dá um passo em frente e faz alguma coisa pelo interior, pelos mães que querem ter filhos, pelos pobres, pelos idosos, pelos doentes de Sida... por todos aqueles que a Igreja tem ajudado com a colaboração do estado, mas essencialmente com a generosidade dos fiéis...
    Só não vê quem está cheio de preconceitos, cego ou não quer ver.

    ResponderEliminar
  6. Este barazabu é uma anedota pegada. Confesso que já não consigo passar sem visitar este blog por causa do barazabu...
    É a minha hora de boa disposição... Nem só a Tv tem "Gatos Fedorentos..."
    Por isso, continua barazabu com as tuas bocarras. Já que nunca apresentas nada em que tenhas sido útil à sociedade, olha, diverte aqui a malta...

    ResponderEliminar
  7. "quantas vezes já se puseram ao lado das crianças contra os poderosos e as demoras e os jogos sujos de quem tem dinheiro para demorar o julgamento? alguém os ouviu?"

    é impressão minha ou não responderam à questão? é a isto que têm de responder. guardem lá os insultos e os juízos de valor que só a vós qualificam.
    não conhecem o evengelho que pregam: não julgues para não seres julgado.

    é esta a vossa noção de diálogo?

    ResponderEliminar
  8. ao anónimo que me integra logo numa seita (não quereria dizer antes "legião?*" e que afirma uma barbaridade destas:

    "Todos os estudos sérios dizem que as instituições dirigidas fazem mais com menos dinheiro... se fizeres bem as contas ainda poupamos uns trocos ao Estado..."

    só por ignorância ou má fé é que o pode afirmar. presumo que sejam as duas coisas.

    * a verdade está nos detalhes

    ResponderEliminar