quarta-feira, dezembro 05, 2007

A Igreja portuguesa precisa de mudar a mentalidade

"Mais do que pensar a Igreja falta-nos uma Igreja que pense".

9 comentários:

  1. há muito que visito este blogue e hoje quis comentar.. Gostei da frase!concordo!
    Continuação de bom trabalho, continuarei a passar por cá...

    ResponderEliminar
  2. Faltam bispos que oiçam a todos e não só aos que repetem o que lhes ouvem a eles. E, claro, falta uma Congregação para a Doutrina da Fé que deixe de ser a Inquisição a perseguir teólogos que pensam.

    João Paulo II deixou neste aspecto uma herança muito pesada mesmo. Houve demasiadas perseguições internas. E a promoção do seu chefe de perseguições não ajudou nada o ambiente.

    Há muito trabalho a fazer e é de cima para baixo!

    ResponderEliminar
  3. Da minha parte, nota máxima para esta frase!
    Diz muitooooooooooo.

    ResponderEliminar
  4. quer-me parecer que aqui ninguém ainda se questionou a sério porque é que a igreja católica apostólica e romana é a mais antiga instituição da humanidade.acreditem que não é por ser uma criação divina.é por ter mudado tão pouco.
    mudou mais nos últimos cem anos do que no resto da sua existência. em portugal podemos falar dos últimos trinta.

    ResponderEliminar
  5. ca disse:

    «João Paulo II deixou neste aspecto uma herança muito pesada mesmo. Houve demasiadas perseguições internas. E a promoção do seu chefe de perseguições».

    Eu comento:
    E já vai a caminho da canonização!!!

    Esta Igreja Católica Apostólica Romana é fantástica não é?!

    ResponderEliminar
  6. "Esta Igreja Católica Apostólica Romana é fantástica não é?!"

    Conta-se que um líder político pretendia liquidar a Igreja Católica em pouco tempo e que houve um padre que lhe respondeu: excelência, os padres andam a tentar há muitos séculos mas ainda não conseguiram.

    ResponderEliminar
  7. "Visto que não há um Deus que cria justiça, parece que o próprio homem seja agora chamado a estabelecer a justiça. Se diante do sofrimento deste mundo o protesto contra Deus é compreensível, a pretensão de a humanidade poder e dever fazer aquilo que nenhum Deus faz nem é capaz de fazer, é presunçosa e intrinsecamente não verdadeira. Não é por acaso que desta premissa tenham resultado as maiores crueldades e violações da justiça, mas funda-se na falsidade intrínseca desta pretensão. Um mundo que deve criar a justiça por sua conta, é um mundo sem esperança. Nada e ninguém responde pelo sofrimento dos séculos. Nada e ninguém garante que o cinismo do poder – independentemente do revestimento ideológico sedutor com que se apresente – não continue a imperar no mundo." SPE SALVI de Bento XVI nº42.

    Isto também é válido, substituindo a palavra mundo. Gostei da frase. e dos comentários ...todos

    ResponderEliminar
  8. Para mim, falta uma igreja que ouça. Que tenha disponibilidade e tempo para os seus fiéis.

    ResponderEliminar
  9. O Papa joão Paulo II foi um homem excepcional...

    ResponderEliminar