terça-feira, dezembro 25, 2007

Padre Aires, treinador de futsal, foi sequestrado e espancado quando ia celebrar a Missa do Galo

O padre António Aires, um dos mais conhecidos da região, também pela sua ligação ao futsal, tendo já sido treinador das equipas do Macedense, UTAD e Alijoense, foi sequestrado e espancado quando se deslocava para Alijó para celebrar a Missa do Galo à meia-noite de segunda-feira.

Padre Aires terá sido alegadamente desviado para um local ermo, junto a uma barragem, por um grupo de indivíduos. Terá sido "retirado do carro e espancado", tendo sido abandonado no local sem lhe ter sido roubado nada. Terá sido despido e preso a uma árvore, de onde se terá conseguido soltar e deslocar a pé alguns quilómetros até às casas mais próximas, onde pediu ajuda.

Depois de assistido no centro de saúde de Alijó, revelando alguns hematomas e escoriações, o pároco foi transportado para o Hospital de Vila Real onde ficou em observações até ao final da manhã. Já teve alta e está em casa a descansar.
Fonte: Jornal o Jogo

1 comentário:

  1. Não acham estranho que o colega se recuse a falar com a judiciária?

    ResponderEliminar