quinta-feira, setembro 20, 2007

CIÊNCIA MOSTRA QUE A PREVISÃO ASTROLÓGICA NÃO FUNCIONA

Pesquisa acompanhou duas mil pessoas nascidas em mesmo dia e hora e revelou que são muito diferentes.

Boas notícias para os racionais e equilibrados virginianos: cientistas acabam de comprovar que a astrologia não tem fundamento. A sua principal alegação - de que as características humanas são moldadas pela influência dos astros no momento do nascimento - acaba de ser desmentida, de uma vez por todas e além de qualquer dúvida, pelo maior estudo científico já realizado sobre o tema.
Duarante quatro décadas, cientistas acompanharam mais de duas mil pessoas - nascidas no mesmo dia e na mesma hora, com apenas alguns minutos de diferença. De acordo com a astrologia, essas pessoas deveriam ter características bastante similares.
As pessoas tiveram seu desenvolvimento monitorado em intervalos regulares. Os cientistas avaliaram mais de cem diferentes características, como profissão escolhida, níveis de ansiedade, estado civil, agressividade, sociabilidade, QI, além de habilidades em artes, desporto e matemática - todas que, segundo astrólogos, poderiam ser estimadas pela conformação dos astros no momento do nascimento.
Os cientistas, entretanto, não conseguiram encontrar nenhuma prova de similaridade entre as pessoas que nasceram no mesmo horário.
De acordo com artigo publicado na “Journal of Consciousness Studies”: “As condições do teste não poderiam ser melhores (…) e os resultados foram uniformemente negativos“.

O resultado do estudo caiu como uma bomba entre os astrólogos que, há séculos, asseguram ser capazes de revelar aspectos importantes da personalidade e do destino das pessoas com base apenas nas informações referentes à hora e ao local de nascimento.
Em que consiste a astrologia
A astrologia e o horóscopo são cultivados desde remotas épocas antes de Cristo, ou seja, desde a civilização dos caldeus da Mesopotâmia, por volta de 2500 a.C. Pode-se explicar o surto dessa “arte” se se leva em conta que a vida humana é cheia de insegurança (nas épocas remotas ainda mais do que nos nossos tempos): um dia é feliz e próspero, outro é desgraçado ou sem êxito. Ora essa versatilidade outrora era atribuída a forças superiores que influenciariam a conduta do homem; tais forças eram os astros, que os homens facilmente identificavam com divindades. Destas premissas originou-se o desejo de conhecer de antemão as circunstâncias e ocasiões em que os astros seriam favoráveis ou desfavoráveis ao homem. Conhecendo-as, o homem poderia superar a sua insegurança ou o seu medo, pois se acautelaria contra as más influências dos seres superiores.
Na época em que a astrologia começou a ser cultivada:
  • os estudiosos pouco sabiam a respeito do sistema solar e dos astros em geral;
  • ignoravam as distâncias dos planetas ao Sol ou à Terra;
  • mal conheciam a natureza do Sol, da Lua e dos outros astros.
  • Imaginavam a existência do zodíaco, isto é, de uma faixa ou de um anel que cercaria a Terra;
  • nessa faixa mover-se-iam o Sol, a Lua, os planetas maiores e grande parte dos menores;
  • a circunferência desse anel imaginário (360º) estaria dividida em doze segmentos (cada qual de 30°);
  • em cada um desses segmentos existiria um compartimento chamado “casa do horóscopo”;
  • tais compartimentos teriam o símbolo ou sinal próprio;
  • os doze símbolos assim concebidos seriam os sinais do zodíaco (do grego zódion, figura de animal ou de vivente), que assim eram (e são) denominados: Carneiro, Touro, Gêmeos (irmãos), Câncer (caranguejo), Leão, Virgem, Balança, Escorpião, Arqueiro (Sagitário), Capricórnio (cabra ou cauda de peixe), Aquário, Peixes.
  • Os sinais do zodíaco, reunidos em grupos de três, correspondem às estações do ano de tal modo que a primavera abrange Carneiro, Touro e Gêmeos…

PORQUE É QUE A ASTROLOGIA TEM TANTO ÊXITO?

4 comentários:

  1. o que seria de nós se não fossem estes estudos... ou este estudo sobre a astrologia serve para não se falar num outro também publicado a semana passada em que se mostra que os países onde a religião tem menos peso na vida das pessoas são os mais desenvolvidos quer do ponto de vista material quer do ponto de vista do desenvolvimento e bem-estar humanos?

    e aos costumes disseram nada.

    ResponderEliminar
  2. Volta, Richard Dawkins, que estás perdoado!... :)

    ResponderEliminar
  3. a astrologia tem tanto sucesso porque de uma certa forma tem muita verdade. eu sempre desacreditei em mapa astral, horóscopos, etc. sempre fiz pouco caso de tudo isto. e hoje depois de tanto tempo, lendo meu mapa astral, vi que toda minha vida não foi nada mais nada menos do que desenvolver tudo aquilo que este mapa indicava que eu pudesse ser. e não são coisas comuns que todo mundo tem. acho que ainda faltam mais estudos. acho que estes não foram imparciais.

    ResponderEliminar
  4. a astrologia tem tanto sucesso porque de uma certa forma tem muita verdade. eu sempre desacreditei em mapa astral, horóscopos, etc. sempre fiz pouco caso de tudo isto. e hoje depois de tanto tempo, lendo meu mapa astral, vi que toda minha vida não foi nada mais nada menos do que desenvolver tudo aquilo que este mapa indicava que eu pudesse ser. e não são coisas comuns que todo mundo tem. acho que ainda faltam mais estudos. acho que estes não foram imparciais.

    ResponderEliminar