sábado, janeiro 05, 2008

Padre protesta contra a fome

Há sete anos que um padre português radicado no Vaticano percorre dezenas de milhar de quilómetros de bicicleta até Fátima para divulgar a mensagem de que “milhares de crianças morrem diariamente à fome”.

António Monteiro, 72 anos, natural de Alcobaça, que integra a congregação franciscana Irmãos de Jesus, regressa hoje ao Vaticano após ter completado mais uma peregrinação passando por Lourdes e pelo Caminho de Santiago até chegar a Fátima, ao longo de quase dois meses de viagem.

Protesta “contra os Governos de todo o Mundo pelas cinco mil crianças que todos os dias morrem de fome. Dizem que não há dinheiro para ajudar, mas para bombas, armas e guerras há dinheiro. Para salvar as crianças não há dinheiro”.

O padre franciscano encontrou ontem abrigo no quartel dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha, onde descansou e recolheu donativos para a sua missão.
Formado em Psiquiatria pela Universidade de Coimbra, trabalha como psicólogo num convento em Roma, ocupando-se de 150 crianças abandonadas.
É padre há 22 anos.
Antes foi casado.
Tem oito filhos, 24 netos e um bisneto.

Fonte: Correio da manhã

1 comentário:

  1. e para alem do mais é uma impatia, tive oportunidade de me cruzaar c ele no caminho de s tiago e de trocar algumas palavras c ele.

    ResponderEliminar