terça-feira, janeiro 01, 2008

O primeiro dia livre do fumo dos outros

Que bom... ao entrar no café não encontrei cinzeiros nas mesas, nem a nuvem de fumo que tanto me imcomodava... às vezes, entrava tomava o café e saia logo a seguir...
Que bom... o ano 2008 devolveu a liberdade aos não fumadores. Afinal os não fumadores é que não eram livres (fumavam passivamente)!!! Não havia lugar para eles... A decisão de fumar é uma decisão livre, por isso os fumadores não tem o direito de argumentar que a sua liberdade não está a ser respeitada... Quantas vezes é que os fumadores antes de acenderem um cigarro te pediram licença? Como era desagradável estar a almoçar num restaurante e ao lado alguém se lembrava de fumar sem ter em conta as pessoas que estavam ao lado a comer...

3 comentários:

  1. A liberdade dos fumadores esbarra na liberdade dos outros de não fumar o tabaco dos outros.
    O facto de se fumar em restaurantes tornou-se, ao longo de muitos anos, banal. Quem reclamava, muitas vezes era olhado de lado pelo fumador. Invocavam o facto de ser muito bom fumar depois de uma boa refeição... Mas agora levantam o traseiro da cadeira e passam a fumar para a rua.

    Não esquecer que uma parte dos industriais de restauração negligenciou (por não possuírem ou por não quererem ligar) durante anos a ventilação nos seus estabelecimentos. Agora que apertam as multas e as fiscalizações e pelo facto de terem de gastar dinheiro com os sistemas de ventilação, estão-se a marimbar para os fumadores da mesma maneira que estiveram para os não fumadores.

    ResponderEliminar
  2. Reconheço o direito à satisfação por parte dos não fumadores em relação à nova legislação. Como fumador, até concordo com muitas coisas...
    Mas, por favor, fundamentalismos, não!
    E quando aparece num restaurante uma senhora dessas que se perfuma a transbordar, também vai ser posta fora do restaurante porque o perfumme pode incomodar alguém mais sensível???
    E quando aparece no restaurante um casal com um filhote inquieto ou que grita ou que circunda perturbando quem calmamente come, também tem que se posto na rua?
    Haja serenidade e tolerância mútua. Sem fundamentalismos...

    ResponderEliminar
  3. que beleza de vídeo... Na verdade, ele é uma tristeza só, mas servirá de alerta aos que fazem uso desta droga...
    Parabéns pela iniciativa

    Caçador- Santa Catarina - Brasil
    Iara

    ResponderEliminar