sexta-feira, março 14, 2008

Apagam-se as velas acesas pelo arcebispo iraquiano encontrado morto

Apagaram-se as “velas” que os católicos iraquianos haviam acendido na Internet por Dom Faraj Paulus Rahho, arcebispo caldeu de Mosul, cujo corpo enterrado foi encontrado quinta-feira.
A iniciativa de acender uma vela “virtual” através da página web gratefulness.org foi lançada pela Baghdadhope, um blog realizado por alguns católicos iraquianos, para romper o muro de silêncio que muitos meios de comunicação haviam levantado sobre a sorte do arcebispo sequestrado no dia 29 de Fevereiro.
Foi “um gesto de solidariedade” para manter alta a tenção de todos sobre o episódio que não teve particular eco nos midia”, explicava a agência dos bispos italianos, SIR. A proposta seguia o apelo à oração lançado várias vezes, nos dias passados, por Bento XVI e pelos bispos iraquianos.
É impressionante a filtragem que alguns midia fazem...
Quais os critérios, os objectivos?
Pelo menos a Internet está ao dispor de todos

1 comentário:

  1. Te felicito por la claridad, elegancia, respetuosoa, de tus Post.
    Estamos llamados a ser rebeldes pero con causa.
    Un fortísimo abrazo.

    ResponderEliminar