sábado, março 14, 2009

Espanha: o caminho do aborto livre

Desde que o aborto foi legalizado em Portugal (2 ano), mais de 22 mil crianças foram impedidas de nascer.

Quanta alegria, quantos sorrisos, quantas "traquinices" deixamos de ver?
Quantas salas de aula deixamos de encher?
Quantos professores ficaram desempregados por falta de crianças?
Onde estão os defensores do Aborto? O que fizeram às promessas de então?
Qual o apoio que foi e é dado àquela mãe que deseja ter um filho?


Também queremos seguir o exemplo de Espanha: Aborto Livre!



O que faz quem defende o Aborto completamente livre perante os argumentos de quem pensa que a vida deve ser defendida desde o início até ao fim:

SEM PALAVRAS!

Sem comentários:

Enviar um comentário