segunda-feira, setembro 08, 2008

Mais um Auxiliar nomeado Residencial!!!

Bento XVI nomeou Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco D. Antonino Eugénio Fernandes Dias, de 59 anos, até ao presente Bispo Auxiliar de Braga. A nomeação foi tornada pública às 11h00 desta Segunda-feira, dia 8 de Setembro de 2008.

A Diocese de Portalegre-Castelo Branco ficou sem Bispo a 8 de Janeiro deste ano, aquando da nomeação de D. José Alves como Arcebispo de Évora. O prelado tinha vindo a desempenhar funções de Administrador apostólico da Diocese.

A tomada de posse de D. Antonino Dias terá lugar a 7 de Outubro e a sua entrada na Diocese acontece na tarde do dia 12 desse mesmo mês.
Fonte: ecclesia
Quem e como são escolhidos?
Porque demorou tanto tempo ser nomeado para a Diocese de Portalegre-Castelo Branco (9 meses)? Afinal o indigitado já era Bispo!!!
Porque que razão os auxiliares (de escolha pessoal dos Bispos de Lisboa, Braga, Porto) passam quase sempre a residenciais?

7 comentários:

  1. Questão deveras pertinente, esta.
    Quando foi escolhido para auxiliar foi a pensar numa preparação para ser bispo de Portalegre?
    É óbvio que não.
    Tanto tempo e a sensação é a de improviso total.
    Valha-nos, ao menos, a sinceridade do bispo, que diz pouco conhecer da sua nova diocese.
    Vai ler José Régio. Não faz mal. Mas «ler» o povo talvez fosse melhor. Sobretudo mais urgente.
    Assim, não vamos lá!

    ResponderEliminar
  2. Ao Senhor D. Antonino Dias, os meus parabéns!
    A Diocese de Portalegre-Castelo Branco pode ter a certeza que vai ter um bispo simples, que a vai servir com humildade e dignidade.
    (Belo)

    ResponderEliminar
  3. Acho um boa ideia que antes de um sacerdote se tornar bispo residencial passe uns tempos como auxiliar.
    Ganha experiencia.
    A mudança de diocese tem vantagens e desvantagens.
    Conhece pior o novo meio mas tem uma bagagem de experiencia noutras regiões que o enriquece.
    A demora deve ser o resultado natural de uma burocracia pesada como a que é necessaria para se escolher com alguma segurança os bispos do mundo inteiro a partir de roma. São mais de 4000 e antes de se consagrar um novo bispo é preciso ponderar bem, colocar alguem à frente de uma diocese idem. Este sistema garante uma boa segurança para não se escolherem para bispos pessoas que venham a dar escandalo ou outros problemas mas fica muito pesado, muito lento.

    Camilo

    ResponderEliminar
  4. Então mas as vocações não é tudo gente eleita? Deus só escolhe os melhores, certo?

    Não me digam que a burocracia romana anda a pôr obstáculos ao Eapírito Santo...

    ResponderEliminar
  5. O que significa isso do bispo ser nomeado residencial?

    ResponderEliminar
  6. ermelinda silva12 setembro, 2008

    Não é mero acaso esta feliz coincidência: 1º D.Augusto César, agora D. Antonino, e a Arquidiocese está de Parabéns pois dá Bispos a Portalegre e Castelo Branco.

    Muitos êxitos pastorais em terras de Missão, senhor D.Antonino!

    ResponderEliminar
  7. Olá!´
    Devo dizer que a Diocese de Poralegre-Castelo Branco fica muito bem servida. Tenho uma grande admiração por este Bispo simples e crente!

    Boa sorte, D.Antonino!

    Abraço

    Sofia (Via Cristo)

    ResponderEliminar