segunda-feira, setembro 15, 2008

Mais de 150 mil na missa em Lourdes

O Papa Bento XVI celebrou ontem a primeira eucaristia no Santuário mariano de Lourdes, onde exaltou "o amor de Deus". Perante mais de 150 mil pessoas, o Santo Pontífice pronunciou uma homilia claramente mariana, enaltecendo o dogma da Imaculada Conceição.

"O poder do amor é mais forte do que o mal que nos ameaça", declarou o Santo Padre. "Ao voltar-se para Deus, o Homem encontra-se a si mesmo", acrescentou. "Maria revelou em Lourdes o mistério da universalidade do amor de Deus pelos homens. Ela convida todos os homens, todos os que sofrem no coração e no corpo, a levantarem os olhos para a Cruz, para nela encontrarem a fonte da Vida, a fonte da salvação", afirmou Bento XVI.

Salientando que Maria foi "concebida sem pecado", o Papa referiu ainda que a Virgem recorda em Lourdes que "a oração intensa e humilde, confiante e perseverante, deve ter um lugar central na nossa vida cristã". Sua Santidade pediu ainda a Maria que ajude aqueles que contraíram matrimónio a experimentar "a beleza de um amor verdadeiro e profundo, recíproco e fiel".

Perante uma multidão que incluía milhares de jovens, que ali dormiram em tendas de campanha, apesar do frio e da chuva intensa que caiu no sábado, o Santo Padre, que foi recebido com entusiasmo, referiu-se a Lourdes como um lugar "de serviço fraternal, especialmente pelo acolhimento aos doentes, aos pobres e a todos os que sofrem".

O Papa, que se deslocou a França por ocasião dos 150 anos das aparições da Virgem, participou ainda num encontro com os bispos franceses e falou sobre a crise de vocações na Igreja em França e na maioria dos países europeus. Hoje, Bento XVI termina a décima visita apostólica ao estrangeiro.
Fonte: correio da manhã

2 comentários:

  1. Grande coisa,... são sempre os mesmos. Muito bem organizados seguem o Santo Padre para todo o lado, nada é produto de uma fé concreta mas de uma organização que dos números faz espectáculo.
    Melhor fez a Madona em Portugal, juntou pelo menos metade e os que entraram não foi à borla como os primeiros.

    ResponderEliminar
  2. "Maria foi concebida sem pecado" E nós?

    ResponderEliminar