sexta-feira, junho 17, 2005

Cartazes e cerveja para atrair padres

A Igreja Católica do Reino Unido decidiu recorrer a uma iniciativa publicitária original para fazer frente ao grave problema de «falta de vocações».
Numa campanha claramente dirigida aos mais jovens, colocou cartazes no Metro de Londres e espalhou por ‘pubs’ e bares de várias cidades bases de copos apelando à entrada na vida religiosa.
O carácter pouco vulgar da campanha está a dividir opiniões. Para os que a apoiam, trata-se de um gesto que vai para além da simples publicidade, sendo antes uma forma inovadora de ligar mais fortemente os jovens à religião. "Esta campanha pode acabar com a visão estereotipada da Igreja. Pode levar as pessoas a vê-la como algo que abarca todos os aspectos da vida", afirmou o padre Terry Tastard. Para os críticos, a campanha peca por se concentrar exclusivamente nas camadas jovens.
"As pessoas começam a interessar-se pela Igreja depois dos 30 anos. É nessa altura que se procura outras coisas na vida", afirmou Sara Magern, de 34 anos, residente em Hammersmith.
Fonte CM
Chegou o «Marketing» Vocacional! O que acham desta notícia?

6 comentários:

  1. Luz dourada17 junho, 2005

    é interessante! E porque não? On the other hand as ditas vocações, sejam elas quais forem, realmente só se descobrem numa idade um pouco mais madura. De qualquer modo, sendo a nossa sociedade uma sociedade de "marketing", why not?
    Os ingleses anunciam tudo mesmo, mas esta agora foi boa!:)

    ResponderEliminar
  2. Nos bares? :)

    "Se beberes deste vinho nunca mais terás sede"??????

    Acho bem ;)

    Um grande abraço, Padres

    ResponderEliminar
  3. gostei da maneira como a luz e o goldmundo responderam... mas eu vejo d maneira diferente...

    primeiro nao sei se concordo que so depois dos 30 anos e que as pessoas interessam.se pela igreja... eu pelo menos tenho 18 anos e interesso.me bastante. faço parte do coro e faço parte do grupo de jovens na minha paroquia. nao houve momentos mais felizes na minha vida antes de entrar pra estes dois grupos. ainda existem muitos jovens a interessarem.se, os jovens precisam e de serem educados da melhor forma. e seguirem o exemplo dos pais. nao e o pai nao ir a missa e mandar o filho pra missa... bem continuando...

    nao sei se essa foi a melhor maneira de fazer propaganda... se fosse eu, nao ligava patavina a essa propaganda... mas eu tambem nao sei como e que sao os ingleses nunca estive la a viver....

    bjus******

    ResponderEliminar
  4. Uma forma invulgar, mas quem sabe, que os objectivos não serão alcançados?

    Não sei se é depois dos 30 que as pessoas se interessam pela Igreja ou se é precisamente a partir dessa idade, que se afastam cada vez mais dela.

    Eu em jovem, talvez por ter sido educada num Colégio de Freiras, sonhei em fazer votos. Cheguei a entrar no noviciado, mas depois o meu Pai opôs-se a isso. Eu era filha única e ele queria netos.

    Ainda hoje, penso muitas vezes, que se um dia, por qualquer catástrofe na minha vida, ficasse sozinha, gostaria de ser missionária, porque isso me apaixona. Sempre me apaixonou. O contacto com o Povo abandonado por todos. Cuidar das crianças doentes. Dos velhos. Dos pobres de espírito. Hoje sou missionária na minha própria casa…

    Um abraço ;)

    ResponderEliminar
  5. best regards, nice info » »

    ResponderEliminar