quarta-feira, abril 08, 2009

"A causa da crise na Igreja é a infidelidade ao Vaticano II e o medo das reformas"

Cerca de 300 teólogos e responsáveis de comunidades de base (entre eles, Juan José Tamayo, Imanol Zubero, Evaristo Villar, Juan Masiá ou Juan Antonio Estrada) assinaram o documento: "Diante da crise eclesial", no qual constatam "a perda de credibilidade da institução eclesial", cuja "causa principal é a infidelidade ao Vaticano II e o medo diante das reformas que exigia à Igreja".

Por isso mesmo, reclamam "a reforma urgente do circulo papal", denunciam a "incapacidade para escutar" da herarquia e a "dupla atitude de mão estendida para com as opiniões próximas da extrema direita autoritária (ainda que sejam infiéis ao evangelho e inclusive ateas), e os golpes sem misericórdia contra todas as opiniões que defendem a liberdade evangélica".

Este é o conteúdo íntegro do documento:

PERANTE A CRISE ECLESIAL

Somos conscientes de que este escrito é um procedimento extraordinário, mas parece-nos que também é extraordinaria a causa que o motiva: a perda de credibilidade da institución católica que, em boa parte, é justificada e que os meios de comunicação social converteram já em oficial, alcançando esta percentagens preocupantes. Este descrédito pode servir de descupla para muitos que não querem acreditar, mas é também causa de dor para muitos crentes. É a eles que nos dirigimos principalmente.

1.- A Igreja foi definida desde antigamente como santa e pecadora, “casta prostituta”. Crises graves não faltaram ao longo da sua história, e a actual pode magoarnos mas não nos pode surpreender. Toda a crise é sempre uma oportunidade de crescimento, se nestes momentos “não envergonharmos do Evangelho". Sabendo que o amor a uma mãe doente não consiste em negar ou dissimular a sua doença mas em sofrer com ela e por ela. Se desejamos uma Igreja melhor não é para fazermos parte do club dos melhores, mas porque o Evangelho de Deus assim o merece.

2.- Não há aqui espaço para uma análise mais alargada, mas parece claro que a causa principal da crise é a infidelidade a Vaticano II e o medo diante das reformas que exigia à Igreja. Já durante o Concilio fizeram-se duríssimas críticas à cúria romana. Mais tarde Paulo VI tentou reformá-la, mas foi bloqueado. É muito fácil depois converter um papa concreto na imagem visivel das falhas da Cúria. Por isso preferimos expressar desde aqui a nossa solidaridade a Bento XVI, a nível pessoal e apesar das diferenças que possam existir a nível ideológico: porque sabemos que os papas não são mais do que pobres homens como todos nós, que não devem ser divinizados. E que se algum erro grave se cometeu em todos os pontificados anteriores foi precisamente o deixar bloqueada essa reforma urgente do círculo papal.

3.- Uma das consequências deste bloqueio é o injusto poder da curia romana sobre o colégio episcopal, que se exprime numa série de nomeações de bispos à margem das igrejas locais, procurando, não os pastores que cada igreja necessita, mas peões fiéis que defendam os interesses do poder central e não os do povo de Deus.

Isto têm duas consequências cada vez mais perceptíveis: a dupla atitude de mão estendida para com as opiniões próximas da extrema direita autoritária (ainda que sejam infiéis ao evangelho e inclusive ateas), e golpes sem misericoódia contra todas as opiniões que defendem a liberdade evangélica, a fraternidade cristã e a igualdade entre todos os filhos e filhas de Deus, tão clamorosamente negada hoje. Outra consequência è a incapacidade para escutar, que faz que a institução esteja cometendo erros ridículos maiores que os do caso Galileu (pois este, ainda que tivesse razão na sua intuição sobre o movimento dos astros, não a tinha nos seus argumentos; enquanto que hoje a ciência parece dar-nos dados que a Cúria prefere ignorar: por exemplo no concerce aos problemas referentes ao inicio e ao fim da vida). A proclamada sintese entre fé e razão vê-se assim colocada "entredicho".

4.- Para além dos diagnósticos, gostaríamos de ajudar com atitudes de fé amistosa e paciente nestas horas negras do catolicismo romano. Deus é maior que a institução eclesial, e a alegria que brota do Evangelho capacita até para carregarmos con esses pesos mortos. Não vamos deixar a Igreja, nem que tenhamos de suportar as iras de parte da sua herarquia.

Mas temos a lição que nos deixou a história: as duas veces em que o clamor por uma reforma da Iglesia foi universal e não foi escutado por Roma, estão relacionadas com as duas grandes rupturas do cristianismo: a de Focio e a de Lutero. Isto não significa que a ruptura foi legítima: só queremos dizer que não se pode esticar demasiado a corda. Também não vamos a romper, porque a Igreja que amamos é muito mais do que a cúria romana: sabemos muito bem que apenas há infernos nesta terra onde não destaca a presença silenciosa de missionários, o de cristãos que dão ao mundo o verdadeiro rostro da Igreja.

5.- Durante grande parte da sua história, a Igreja foi uma plataforma de palavra livre. Hoje ninguém acreditaria que um santo tão amável como Antonio de Lisboa pudesse pregar públicamente que enquanto Cristo tinha dito “apascenta a minhas ovelhas”, os bispos da sua época dedicavam-se a ordenhá-las ou a tosquiá-las. Nem que o místico São Bernardo escreve-se ao papa que não parecia sucessor de Pedro mas de Constantino, para seguir lhe peguntar: “Faziam isso São Pedro ou São Paulo? Mas já vê como se pode ferver o gelo dos eclesiásticos para defenderem a sua dignidade”. E a terminar dizia: “indignam-se contra mim e mandam-me calar a boca diczendo que um monge não têm que julgar os bispos. Mas eu preferia fechar os olhos para não ver o que vejo”... Precisamente comentando este tipo de palabras, escrivia em 1962 o papa actual (num artigoo entitulado “libertad de espíritu y obediencia”): “é sinal de que melhoraram os tempos se os teólogos de hoje não se atrevem a falar dessa forma? Ou é sinal de que diminuiu o amor, porque se tornou apático e já não se atrevem a correr o riscoo da dor pela amada e para ela?”.

Assim gostariamos de falar: não nos sentimos superiores, pues conhecemos bem, em nós próprios, qual é a profundadidade do pecado humano. A Escritura, ao falar dos grandes profetas, ensina que o seu destino não é o protagonismo mas a incomprensão; e perante isso somos obrigados a dizer como o apóstolo Paulo: “se nos ultrajam bendiziremos, se nos perseguem aguantaremos, se nos difamam rogaremos”. Porém, também nos sentimos chamados a gritar porque também há ali uma imprecação impressionante que tememos que tenha aplicação no nosso momento actual: “por vossa causa é blasfemado o nome de Deus entre as gentes!”.

“Fixos os olhos em Jesus, autor e consumador da fé” sabemos que podemos superar estes momentos duros sem perder a paciencia nem o bom humor nem o amor para todos, incluidos aqueles cujo governo pastoral nos sentimos obrigados a criticar. Este é o testemunho que quisemos dar com estas linhas.

Juan Antonio Estrada, Imanol Zubero e as assinaturas que seguem:


Aburto Rike, Juan María 30554294-J
Adell Ventura, Joaquim 19103075 B
Aguinaga García Marisa 968970 A
Aguirre Osacar, Alejandro 15 547 929 K
Aguirre Martín-Gil Mª Teresa 70553205S
Alcalde Revilla José Luis 13859081 V
Alegre Santamaría Xavier 39264949 Q
Amigot Gracia, José Manuel 15.640.357-N
Andrea García Calvo, Maite 78924388
Anta Moldón Argentina 11683869 F
Aranda Latorre, José Miguel 40916223 M
Arias Ergueta, Pedro Luís 22.711.607 G
Arnedo Forcano Ricardo 73917777 E
Arpide Etxano Xabier 30 671 794-Y
Arpide Etxano Asier 30672183 G

Arregui Olaizola, José 15895560
Askasibar Renobales, Xabier 30.594.377-F
Apastegui Mangado, Augusto 15 785 712-F
Ayerra Rodríguez Mari Patxi 16473264 C
Azilu Sagastuy Jesús 39611688 F
Azpeitia Bengoa, Miguel Ángel 14538723-D

Baena Altisent Mª Isabel 280103 E
Baeza Atienza Javier 5166967 Q
Barba Pérez Carmen 40857366 H
Barbazán Díaz Pilar 50272247 C
Barja de Quiroga Mª Mercedes 32109212 Q
Barja de Quiroga Mª Dolores 32109211 S
Beca Mª Pilar 144164T.
Beltrán de Otalora Goya, José L. 16126115 X
Beorlegui Rodríguez, Carlos 72624921 Y
Bérchez González Rafaela 30020366 F
Bernabeu López José Ramón 23556575 K
Blanco Ruíz Antonio 39598700 Z
Blázquez Jiménez Virginia 28358995
Boedo Osorio Rosa Mª 32278025
Bofill Portabella Roser 37808430H
Bosch Sintes Juan José 42436724 E
Bragulat Bosom Francesc 36886382V
Bueno González Rafael 2928852 E

Calle de la Peña, Javier 14.582.378-X
Carreras Ignasi 37685405 C
Carrión Mangas, Hipólito 14 509 829 A
Casas Andrés, Roberto 20180035 L
Carrasco Macarro Joaquín 76202113 P
Casasnovas Ana Mª 368367 O
Castel Branco Mª Ines 3514901 H
Castell-Ruiz Casado, Ana 16 000 886-Q
Castelli Hugo 0121318 Q
Castillo Rodríguez Javier 5354576 S
Castro Recuero Jesús 35926170 D
Celigueta Crespo Tere 16213653 X
Cigüenza Zuazo, Marta 30679172- R
Claret Corominas Jordi 36606722Z
Collado Broncano Manuel 6818933 P
Coloma León, Agustina 18 191 207-R
Comes Ballester, Josep Antoni 13833407B
Corera Oroz, Concepción 15.768.514-J
Corera, Violeta 14403138 D
Crende Corbera 51852537 A
Criado Lobato Modesta 12135895 Z
Cruces Gaitán Timoteo 1154744 Y
Cuenca Valdivia Pedro 25880655 C

De Burgos Román Juan 00104125 G
De Dompablo y B. de Qurirós Jorge 50028132 G
De Juan-Creix i Bretón Ignasi 46217240 M
De la Vega Cebrián María 17682192 E
Del Rey, Charo 14782926K.
Delgado López Teresa 7695095_P
De Miguel Rivas Carmen 29812226 Y
De Sebastián Luis 14138382 Y
De Tapia Pérez Emiliano 12699456 Y
Díaz Flor 50 417 463 Z
Díaz Ortiz José 1239300 Z
Domínguez Domínguez Matías 75497843 K
Duato Gómez-Novella, Antonio 19255891 S

Echávarri Zuazu, Mª Angeles 18.208.322-G
Echeverría Erro, Jesús 15.528.725- E
Echeverria Erro, Teresa 15731689 B
Eizaguirre Díez de Rivera Carmen 727761 H
Espino Granado José Luis 12971899
Esquinas Candenas Mercedes 2768657 S
Estrada Díaz Juan Antonio 28363136 L
Etxeazarraga Gokikoetxea 14090412 Z

Fanjul Suárez Gonzalo 834418 R
Fernández Barberá Carlos 990683 G
Fernández Benítez, Miguel 31626263K
Fernández Campoamor Beatriz 1065753 W
Forcano Cebollada Benjamín 39614473 D
Forcano Lloveras Antonio Mª 38783531
Fuster Junquera Patricia 50799973 B

García-Aguiló Lladó Matilde 00021425 N
García Albertos José Ramón 50856823 M
García-Castellano García Ana 50304392 B
García de Eulate Romanos Mª Jesús 15751977J
García García José Luis 3191314
García González Quintín 72110042
García Monge José Antonio 17234790 Q
García-Moreno García Catalina 76201561 P
García Pérez, Rubén 29034601-E
García Roca, Ximo 19473972 X
Garrido Amado Mª Victoria 1205123 S
Garzón Montenegro Elena 2525345 Z
Gaztambide Roldan, Sagrario 15 781 483 X
Gil, Carlos 16022785L
Giménez Meliá Josep 41491831 S
Ginel Viela Alvaro 03053619 R
Gómez-Marthino Cortés Ana 07227190 S
Goikoetxea Iturregui, Marije 30550821J
Goikoetxea Iturregi, Enrique 14.940.251 A
Gómez Cañedo, Julio 30581038 P
Gómez Rodríguez, Enrique 7406551-E
González González Ana Mª 50663052 D
González Faus José Ignacio 17242601 F
González López Guillermo 31.601.905C
González Tánago Julio 31071000 R
Goñi Soroa, Javier 14.520.718
Górriz Latorre, Jorge 37 616 161-Y
Gorrochategui Oyaneder Carmen 14.998.851 E
Grande Lorenzo Beatriz 002026875 T
Gutiérrez del Val, Macrina 51 576 698 A

Haya Oteiza Margarita 13730352 L
Hernández Rey Carmen 76223632 E
Hernández Zubizarreta Antonio 14861528
Hernández Martínez Antonio 1465593 Q

Ibáñez Pastor Luis 19471762 P
Iglesias Meilan, Jose Luís 15.360.721 X
Iragui Aguinaga, Sixto 15 766 039-E
Iribarren Echarri Mª Teresa 15596795 N
Iribarren Lizarraga, Jesús 15.736.229- C
Iruretagoyena Sánchez, Javier María 30674429 L
Isusquiza Yarritu, Luís Ignacio 14.912.963 Q
Jiménez Larrea, Marta 14.507.051 V
Jiménez Urbano, José Luis 16 009 788-V
Joya Castellano Blanca 51593264 D
Juan Herranz Gema 208055475 T

Laborda Hernández, Joaquin 15 775 813 K
Lanao Clavera Jesús 40788930 V
Largo Macho Otilio 01319397 V
Larraya Zaragüeta Manuel 15707721 D
Linaza Antonio 14165671 V
Llano, Ana 14579510V
Llorente Mingo, Javier 30.621.557 R
Lobo Alonso José Antonio 6479974 T
Lois Fernández Julio 35125497 N
López Bruñet Trinidad 98868 Z
López López Juan Francisco 707874835
López Yebra Emilio 34583988 S
Lunar Hernández Carmen 50785987 D

Madariaga Garamendi, Iosu 14.599.599G
Maestrojuan Correcher, Pilar 15717077G
Malla Escofet Pilar 36184813 V
Marone Borbón Mª Teresa 2190621 D
Markina García, Nerea 78876552 F
Martí Félix 37112869 T
Martín de la Concha José Luis 11983287 - B
Martín Martínez, Vicenta 16 485800 K
Martínez de Ag. Ortiz de Zárate, Javier 14 139 890- L
Martínez Flórez, Ángel 71392933 J
Martínez Genique Alberto 2130434 J
Martínez García Salvador 22483478 N
Martínez González Manuel 03792458 A
Martínez Gordo Jesús 14686667
Martínez Lalmolda, Carmelo 13198059S
Martínez Rodamiláns, Ana María 14826565 Y
Martínez Sola Mª Mercedes 74955417 G
Masiá Clavel, Juan 22309570 F
Mateo de Miguel Felícitas 16491613 S
Mendezona, Mikel 78887981
Mendia Gallardo, Rafael 14841641 V
Mendoza García Salvador 22483478 N
Merino Paz Dolores 5375651 E
Merino Pérez Lorenzo 1322162 F
Mesperuza Rotger, Eskolumbe 30.564.326 V
Miaja de Sarrazo Ana María 1397997 B
Mirena Bakaioa Joseba 15772534 P
Mora Moracho, Natividad 00.847.177-H
Moreno Domingo Carmen 646822 Q
Moreno Muguruza Carmen 06366099 K
Moreno Muguruza Mercedes 6364954 A
Moreta Ignasi 46242631 G
Mostazo Alava, Ana Carmen 16 008 254-R
Muerza Serra, Javier 15.740.517-F
Múgica Munárriz, Guillermo 15689652- H
Mujal Lluis G. 36878831X
Muñoz Barrera, Francisco 16000254-M
Murillo Urcelay Isabel 15763426
Mutiloa Goldáraz, Mª del Carmen 15.701.608- Z

Oiz Ibarrola, Roberto 15.760.741-Z
Oliveres Sanvicens Mª Lluisa 36239218 G
Onrubia Javier 680616 T
Ontañón Carrera Guillermo 344083 A
Oñate Lamas Joan 37734599V
Oñate Landa M Carmen 14.883.099- Y
Oñate Landa Javier 14929191 Y
Oroz Echarri, Ramón 33 434 823 E
Orradre Esáin Miguel 15740047
Ortega González Ascensión 1766466 C
Ortega Rodríguez Álvaro 50861982 N
Ortuzar Arines Bingen DNI 78871090L
Osés Serda Mª Asunción 46114153 G
Oyarzabal Elena 15526983

Pagola Lorente, Javier 15 750 374 C
Paradinas Riestra Luis 02468380 C
París Aristy, Patxi 15 735 961- M
Pasto Bodmer Alfredo 41067519 F
Pastor Blancou Sofía 30.669.555 k
Peña Herrero Julia 12310446 C
Peña Vázquez Manuela 8737190 L
Perea, Joaquín 16.125.942-K
Pereda Olarte Carlos 14873105 B
Pérez de los Santos Héctor 2777781 E
Pérez Hernández Rafael 002487815
Pérez González Mª José 21649246 J
Pérez- Soba Baró Pilar 613500
Pérez Tapias Juan Antonio 28506131 T
Pico de Coaña de Valicourt Yago 2803833 H
Pizarro Segundo 13866250 X
Prudencio Morales Mª Luisa 8778516 Z
Pujol Lago Pura 3169145 K
Queralt Llaudert Eulalia 37743123 Z
Quirós Saíz José Luis 13777691 R

Raguer Hilari 36275058 F
Ramirez de Olano Egurbide, Maria Begoña 15758661 G
Reino Prada Miren Estibalitz 14596982 D
Renedo, Heraclio 03051744 N
Riega Riega, Mª Isabel 15.722.441- D
Ríos Villanueva Marta 13074321 X
Rodríguez Aguado Eubilio 12667060 V
Rodríguez Fernández, José Miguel 12.214.414 B
Rodríguez García, Micaela 12 141 667 J
Rodríguez Gómez Franco 11044077 Y
Rodríguez Sánchez Antonio 23634228 A
Rodríguez Teso Agustín 393291 Z
Rosende Paz, Emilia 14 859 851B
Ruiz Fernández Cristina 50319088 X
Ruiz Orbezua Elena 30685524M
Ruiz Torres Tomasa 50138939 A

Sacristán Gárate Pilar 29338910
Saenz de Cabezón Anitua Miguel 6125695 G
Sáenz de Ugarte Eguskiza, Luis 72.255.704 -P
Saenz Novales Patricia 30658405A
Sagaseta Castaño, Juan José 15.701.248- E
Sala Canela Magda 37888416X
Salamero Duaso, Mª Cruz 36 490 309-G
Sánchez Maus Jesús 4954960 S
Sánchez Menéndez Pedro 10973133 V
Sánchez Monroy, Ignacio 03868781 C
Sánchez Torrado Santiago 2463199 Z
San Martín Picabea, Inés 16 009 563-E
San Martín Oncea, Vicente 15.527.960- Q
Sasia, Peru 14.960.491 A
Sastre García Jesús 13286399 N
Seguí Martí Anna 78320263 L
Sobrino Aranzabe, Itziar 30659250C
Sol Bachs Salvador 36225628F

Tamayo Acosta Juan José 12676077 H
Tascón Fernández Julio 1906644 J
Terribas Alamegó Jaume 37442904P
Tito Lloret Amelia 21315613
Tojo Menéndez José Ramón 537071 K
Toña Guenaga, Ángel 15774823- C
Torrens Viladecans Josep 46325751W
Torres García, Carmen 00552153
Torres Pérez, Mª José 387338-H
Torres Queiruga, Andrés 33093065 K
Tortosa Alarcón José María 52519136 D
Tostado Sánchez Pedro 00770712 M
Totosaus Josep Mª 37024795 Q
Turias Dancausa, María Isabel 15763023 L

Ulibarri Fernández, Florentino 72561233 M.
Ulloa Edith 79052729 G
Uraga Laurrieta, Bittor 14.942.299 G
Urda Alguacil Antonio 39511 C
Uribarri, Juanto 14555991-G
Urrutia Gómez, Javier 16052384 V
Vázquez Torres, Magdalena 15.358.313R
Velasco Criado Demetrio 14848881 N
Velasco Martínez Rufino 163602247 W
Vélez Sáez, Mª Soledad 72 761 805 V
Vicente Martín Mª Antonia 7762336 C
Vila Despujol Ignacio 17242669 Y
Villar Villar Evaristo 03383420 M
Vitoria Cormenzana, F. Javier 14823659 K
Zabalo Gómez, Francisco Javier 14206499 C
Zubía Guinea Marta 16217365 L
Zubero Beascoechea, Imanol 30554782 H
Zumalde Otegui, Ana María 30.552.642-V
Zugasti Martínez, Mª Jesús 15 148 264 G

1 comentário:

  1. Nem tudo são flores na Igreja, nossa mãe. É sempre bom colocar os pontos de vista, de maneira respeitosa, e convictos de que o Senhor amorosamente guia a Igreja.

    ResponderEliminar