segunda-feira, novembro 23, 2009

Os locais: será que os homossexuais não incomodam ninguém?

Normalmente estas coisas são praticadas em locais públicos.
Os dez lugares mais comuns para as práticas homossexuais são:
Results of a Survey on the Most Popular Places That Homosexuals Have Sex
  1. public rest rooms, where "glory holes" are cut out of stall partitions so that men may anonymously commit sodomy and fellatio on each other;
  2. pornographic movie houses and bookstores and peep shows;
  3. bus stations;
  4. service stations;
  5. public libraries;
  6. highway rest stops;
  7. public parks;
  8. public baths or "health clubs," where men congregate and watch other men sodomize each other;
  9. "gay bars" and night clubs; and
  10. certain street corners where homosexuals "cruise" for anonymous partners
    -- K. Jay and A. Young. The Gay Report. Summit Books, 1979, page 500. See also Rechy, The Sexual Outlaw. Grove Press, 1977, and the Gayellow Pages, which are compiled by homosexuals for each large city and show exactly where homosexuals congregate, and for what purposes.

A ideia de que os homossexuais desenvolvem as suas actividades onde não incomodam ninguém está bem longe da realidade: o quarto não figura entre os dez locais mais usados para relações homossexuais.

No Canadá ocorreu um episódio muito instrutivo.

  • Em Junho de 1999 a polícia prendeu 18 homosssexuais por terem relações sexuais em público (num clube chamado The Bijou).
  • Em 9 de Setembro de 1999, depois de uma forte campanha conduzida por alguns movimentos gay, o procurador Paul Culver deixou cair a acusação alegando que eles “were lulled into a false sense of security, an ignorance brought on by the lack of police action for a number of years”. Este episódio é instrutivo por duas razões:

a)Como um exemplo da preferência que os homossexuais têm por locais públicos -repare-se que, segundo o procurador, durante anos eles se dedicaram a isto impunemente!-; b

)Diversos grupos gay fizeram pressão para que os homossexuais não fossem processados, quando, em coerencia, o que eles deveriam pedir era… um tratamento igual!

Se os heteossexuais não podem entregar-se a práticas sexuais nos cafés, os homossexuais também não deveriam poder; e mais: se para ninguém a ignorancia pode justificar a violação da lei, porque podem os homossexuais? (tanto mais que não havia ignorancia relativamente à lei mas só relativamente à intervenção da polícia…).

Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário