segunda-feira, agosto 03, 2009

BALANÇO: O que mudou nesta legislatura

Este ano, milhões de católicos em Portugal irão votar em várias eleições.
Esclareça-se e reflicta.
O Voto católico é um voto responsável.






6 comentários:

  1. Mª José Tavares03 agosto, 2009

    Voto responsável, é aquele que cada um faz em consciência e não aquele que é feito por influência de alguém, que é o que os padres fazem, inclusivé, nas suas homilias. Isto, parece-me de todo inconcevível e manipulador. Em absoluto, não concordo com estas atitudes.
    Num dos videos fala na solidariedade. É certo, que é da competência do Estado praticá-la com justiça. Mas como tal não acontece, julgo que a Igreja o deveria fazer. Pelo que me é dado saber, ela limita-se a fechar os olhos, quer à pobreza material, como ainda e o que é mais grave, à pobreza espiritual.
    No meu entendimento, a Igreja tem o dever de olhar pelos seus fiéis, ou será que estou errada?

    ResponderEliminar
  2. D. Mª José: "O que lhe é dado a saber" realmente não é nada...

    A Igreja não olha só pelos "seus fiéis" mas contribui para os que o são ou não e precisam que de apoio material quer de apoio espiritual.

    Pelos vistos tem de se informar melhor...

    E quanto ao voto resposável, acho muito bem a Igreja apelar ao voto responsável!

    ResponderEliminar
  3. M.José Tavares.

    Não não está enganada. A Igreja olha pelos seus interesses. O controlo do poder. Imagine que pese embora a passagem do candidato do PSD pela cãmara de Lisboa ter sido aquilo que todos vimos, a Igreja já disse que o apoiaria pois ele já prometeu que iria ajudar a Igreja. Uma mão lava a outra.

    ResponderEliminar
  4. Todos podem dar opiniões sobre a Igreja, mas a Igreja e, neste caso leigos, fazem alguns videos para manifestarem a sua opinião e aqui del Rei...

    ResponderEliminar
  5. Mª José Tavares09 agosto, 2009

    Sofia, muito gostaria de conhecer o seu pároco. Pela sua manifesta indignação, a sua paróquia é um exemplo de virtude.
    Quanto à minha, deixa muito a desejar e, olhe que tenho ouvido estas mesmas queixas a outros paroquianos e até de outras terras.
    Estime e ame o seu padre, pois se o perder, dificilmente voltará a ter um igual.
    Não me leva a mal no que lhe vou dizer, é apenas um desabafo... invejo-a.

    ResponderEliminar
  6. o essencial! para pior, é clro!!!!

    ResponderEliminar